Manitou lança retroescavadeiras no Brasil e América Latina

Equipados com motor Kirloskar/Perkins, modelos TLB 844 e TLB 818 têm DNA da Terex e acompanham outros produtos lançados na região.

Referência em soluções para manipulação de materiais e trabalho em altura, o Grupo Manitou anuncia o lançamento de retroescavadeiras da marca no mercado brasileiro e latino-americano, dentre outras novas máquinas que ampliam e reforçam o portfólio da fabricante francesa, que atua no Brasil desde 2011.

Para ganhar competitividade na região, a empresa aposta em três novos modelos de equipamentos, incluindo os manipuladores telescópicos MXT 1740 e MXT 840 P, além de uma até então inédita linha de retroescavadeiras – a primeira a chegar ao Brasil desde a aquisição da linha da Terex, há três anos –, iniciada com os modelos TLB 844 e TLB 818. “A linha foi melhorada com a engenharia da Manitou”, garante Marcelo Bracco, diretor da empresa para o mercado latino-americano.

Segundo o executivo, na semana passada (dia 14) foi realizada uma live de lançamento com distribuidores do Brasil e da América Latina, preparando a rede para a chegada dos equipamentos. “Nossa expectativa é ser mais uma opção de qualidade no segmento, uma vez que as máquinas da Manitou são internacionalmente reconhecidas por sua qualidade e robustez”, diz ele.

Para ingressar com mais força em um mercado atualmente disputado por – segundo o Guia Sobratema de Equipamentos – ao menos 11 fabricantes, as retroescavadeiras da Manitou apresentam características de configuração como entre-eixos de 2,1 m, peso sem carga de 7.500 kg / 7.400 kg, profundidade máxima de escavação de 4,7 m e altura de carregamento de 3,5 m.

Por padrão, as máquinas são equipadas com caçamba de 0,24 m3 e motorização Kirloskar/Perkins de 90 hp e 92 hp, respectivamente. “Com essa linha, buscamos apenas uma pequena fatia do mercado, pois não iremos disputar com os grandes do segmento”, comenta Bracco.

Outra novidade no país são os manipuladores MXT 840 P e MXT 1740 P, que contam com motorização Perkins de 94 hp e oferecem capacidade máxima para 4.000 kg de carga, com alturas de elevação de 7,6 m e 17,4 m e alcances de 4,2 m e 13,5 m, respectivamente.

Além dos lançamentos, a Manitou busca impulsionar as operações de suporte no Brasil, reforçando o time de especialistas focados no mercado local, tanto no desenvolvimento da rede de concessionárias como na interação com locadoras.

“Temos objetivos agressivos de crescimento para os segmentos da agricultura, construção, mineração e indústria, o que realça a importância do mercado brasileiro na América Latina”, aponta Bracco.

Fonte: Manitou / 4Machines