MANUTENÇÃO DE RETROESCAVADEIRAS: 5 DICAS

De obras públicas à construção de estradas, da agricultura a paisagismo, as retroescavadeiras são uma excelente opção para os mais diversos segmentos.

Sua ampla gama de aplicações muitas vezes fazem com que as retroescavadeiras trabalhem por longas horas em tarefas muito exigentes. Embora sejam excelentes do ponto de vista da versatilidade, elas também podem falhar. Se não for devidamente cuidada, uma retroescavadeira pode passar de produtiva e valiosa a ociosa e cara.

Uma boa manutenção preventiva leva apenas alguns minutos por dia e é um investimento de tempo bem gasto para garantir que ela tenha o mínimo de tempo de inatividade possível e continue sendo a máquina produtiva e trabalhadora que foi projetada para ser. As cinco dicas a seguir irão ajudá-lo a começar com o pé direito um programa sólido de manutenção preventiva da sua retroescavadeira. Além disso, consulte o manual do operador para as melhores práticas sugeridas, específicas para a máquina, bem como para garantir a segurança durante a execução de todas as estas intervenções.

Dica nº 1: Inspeção preliminar diária

No início de cada jornada de trabalho, faça uma rápida inspeção geral da máquina para se certificar de que tudo está bem, se há acúmulo de lama ou sujeira em qualquer componente móvel. Qualquer excesso de detritos deve ser removido.

Um exemplo de check-list diário deve incluir as seguintes verificações:

  • Dentes da caçamba danificados
  • Mangueiras rachadas ou quebradas
  • Vazamentos
  • Pressão inadequada dos pneus
  • Buchas de rolamento soltas, pinos e parafusos danificados

Qualquer problema, mesmo que pareça pequeno, deve ser resolvido imediatamente. Isso não apenas evitará que problemas menores se transformem em grandes, mas também é a melhor maneira de evitar períodos de inatividade no futuro.

Dica nº 2: Examine o motor

O motor é a força motriz da retroescavadeira, por isso precisa de atenção dedicada.

No início de cada dia, certifique-se de que não haja acúmulo de detritos no sistema de refrigeração. Além disso, procure sinais de condensação no tanque de combustível, pois isso pode danificar o combustível e possivelmente o próprio motor. Água no combustível é o maior inimigo do motor e, além de danificar componentes internos, faz com que o consumo de combustível seja elevado.

Embora não seja uma tarefa diária, o filtro de ar deve ser verificado e limpo ou trocado conforme necessário. Retroescavadeiras que operam em ambientes muito empoeirados ou secos precisam que seu filtro de ar seja cuidado com mais frequência. O filtro de ar deve sempre ser substituído se estiver danificado ou quando o indicador de restrição de ar indicar. Mas lembre-se sempre de fazer a troca de acordo com a indicação do Manual de Operação e Manutenção da sua máquina, mesmo em locais com baixa concentração de poeira e partículas suspensas.

Semelhante ao filtro de ar, o filtro de combustível do motor não precisa ser verificado diariamente. Em caso de dúvida, consulte o manual do operador da retroescavadeira para recomendações específicas para a máquina.

Dica nº 3: verifique todos os fluidos

Provavelmente, a parte mais óbvia de qualquer programa manutenção preventiva é garantir níveis de fluidos adequados. Aqui uma lista de verificação de cinco fluidos para monitorar diariamente:

  • Óleo lubrificante do motor
  • Óleo dos eixos dianteiro e traseiro
  • Fluido hidráulico
  • Líquido de arrefecimento do motor
  • Óleo da Transmissão

Reabasteça os fluidos, conforme necessário. Se for detectada contaminação de óleo ou combustível, troque o fluido e descarte imediatamente o fluido velho de maneira responsável e aprovada. Faça constantemente análises laboratoriais dos fluidos da sua máquina. Estas análises podem indicar possíveis falhas futuras.

Dica nº 4: Lubrifique os principais pontos de articulação

Uma retroescavadeira tem várias peças móveis, tornando a lubrificação essencial para um bom desempenho de campo. Componentes como o eixo dianteiro, articulações do braço da retro e da carregadeira, pinos e rolamentos do sistema de giro do conjunto retro devem ser verificadas diariamente e engraxados, se necessário.

Sempre use graxa de alta qualidade para garantir que seja capaz de resistir por um dia inteiro na sujeira. Além disso, escolha a graxa apropriada para as variações de temperatura onde a máquina está operando.

Embora muitos operadores apliquem graxa no início do dia, é na verdade um bom hábito lubrificar a máquina no final do dia. Uma máquina é mais receptiva à graxa quando está quente após um dia inteiro de operação do que fria antes de ter sido ligada para o dia.

Dica nº 5: Anote e controle todas as manutenções

Como qualquer boa iniciativa da empresa, um programa de manutenção preventiva deve ser documentado e rastreado para avaliar a eficácia e identificar pontos fracos no programa que podem ser melhorados.

Um registro de manutenção da retroescavadeira deve ser mantido sempre atualizado, incluindo as horas da máquina e os intervalos de manutenção. Atribuir um funcionário para assumir a tarefa de manter o registro de manutenção garantirá que o rastreamento seja feito de forma consistente, tanto em termos de frequência quanto de detalhes de informações.

Embora possa parecer uma tarefa complexa, um bom programa de manutenção preventiva precisa apenas de alguns minutos por dia e paga um grande retorno sobre o investimento no equipamento.

Estas cinco etapas são um ótimo ponto de partida para um programa sólido de manutenção preventiva de retroescavadeira. Sempre consulte o manual do operador se tiver dúvidas sobre os intervalos de manutenção e para certificar-se dos procedimentos corretos para cada tipo de intervenção.