PLANEJAMENTO E SEGURANÇA

Planejamento e segurança em operações de máquinas pesadas, que há pouco tempo eram temas secundários, se tornaram pauta prioritária devido aos recentes acontecimentos que evidenciaram de maneira negativa o setor da construção.

Principais causas de acidentes envolvendo operadores de máquinas pesadas:

1- Falha no planejamento

2- Falta de supervisão

3- Baixa qualificação de operadores, falta de treinamento.

4- Alta carga horária de trabalho, inclusive noturno.

5- Complexidade operacional

6- Negligências na operação

7-Falta de equipamentos de segurança

Abaixo algumas dicas e conselhos básicos que podem reduzir a quantidade de lesões que ocorrem em seu local de trabalho.  Ao seguir estes simples passos, você será capaz de reduzir o risco de pedido de indenização por acidente.

– Tente evitar usar roupas soltas ou joias se operar máquinas – isto é algo que lhe foi ensinado na escola e é uma coisa boa para a prática de como isso pode resultar em evitar um acidente fatal.

– Cobrar de seu empregador o treinamento correto para exercer seu trabalho com segurança – varias empresas fornecem treinamentos específicos explicando as políticas de saúde e segurança que devem ser seguidas em todas as fases da operação.

– Tomar medidas necessárias para evitar a entrada de pessoas no raio de ação da máquina. Pontos cegos podem ocasionar acidentes involuntários.

– Mantenha os cabelos longos amarrados para trás e fora do caminho-A falta de visão simultânea pode interferir na operação.

– Informe o seu empregador, se você tem dores ou se tem algo que o impeça de executar seu trabalho corretamente. Muitos problemas podem ser evitados.

– Detalhe quaisquer ferimentos, doenças ou tensões que possam ter ocorridos para a sua chefia, logo que elas acontecem – isso ajudará a limitar e destacar quaisquer áreas com problemas que precisarão ser reacessados para evitar que aconteçam novamente no futuro.

– Informe o seu empregador, se você faz uso de medicação que pode impedi-lo de fazer o seu trabalho corretamente ex. calmantes, o uso de tais medicações coloca você e aqueles ao seu redor em risco de acidente.

– O uso incorreto de equipamentos de segurança podem permitir que você não esteja devidamente protegido.

– Na máquina não utilizar acessórios que você desconhece seu funcionamento, ex. martelo hidráulico – é muito importante usar as ferramentas e equipamentos somente com as instruções ou você pode aumentar essa chance de uma lesão.

– Aplicar o senso comum para cada risco observe a inclinação máxima e sempre mantenha uma distância mínima de dois metros das bordas, valas, etc., cuidado com mudança de sentido de direção em relação a buracos ou irregularidades do terreno.

– Ao trafegar entre áreas com desnível sempre utilizar acessos adequados para mudar de áreas, a inversão nas encostas deve ser feita de forma harmoniosa e com o implemento levantado de tal forma que a frente da máquina fique sempre na parte mais baixa do terreno.

– No caso de choque ou tombamento desligue imediatamente o motor, pois do contrário, poderá haver início de incêndio. Não esqueça da chave geral.

– Para trabalhar com segurança, perto de barrancos ou valas, mantenha uma distância de pelo menos a altura do barranco ou vala, entre a máquina e o início da ribanceira.

– Não faça rebocamentos com correntes ou cabos de aço, pois, se o veículo atolado sair de uma vez, fatalmente irá atropelar a maquina que o está rebocando.

– Quando for puxar máquinas, caminhões, etc., verifique se o cambão está bem fixo em ambos os veículos e centralizado.

– Não improvisar “macacos” para consertos ou reparos e nem para erguer ou abaixar escavadeiras ou outras máquinas pesadas.

– Ao interromper um trabalho, ainda que por pouco tempo, apoie o implemento no solo.

Primeiros socorros em acidentes

O atendimento imediato, a presteza e atuação correta do operador, podem ser vitais para a vítima e até evitar consequências graves.

a) Cuide de sua segurança – Se possível, a maquina devera estar posicionada em um local seguro e desligada.

b) Sinalize e isole o local do acidente – Use triângulo, galhos de árvores ou outros objetos que devem ser colocados a uma distância segura do local.

c) Não tome nenhuma atitude antes de examinar – observe bem o acidente para melhor se informar e saber o que fazer além de prestar melhores esclarecimentos ao atendimento médico.

d) Se estiver escuro não use fósforos ou qualquer objeto inflamável – No caso de vazamento de gases pode provocar incêndios.

e) Peça ajuda – Evite agir sozinhos, principalmente na remoção ou movimentação de veículos ou objetos pesados.

Danos causados ao trabalhador

O somatório das perdas, muitas delas irreparáveis, é avaliado e determinado levando-se em consideração os danos causados à integridade física e mental do operador, os prejuízos da empresa e os demais custos resultantes para a sociedade.

As estatísticas da Previdência Social, que registram os acidentes e doenças decorrentes do trabalho, revelam uma enorme quantidade de pessoas prematuramente mortas ou

incapacitadas para o trabalho.

Lembre-se sempre que os operadores que sobrevivem a acidentes com maquinas pesadas são também atingidos por danos que se materializam em:

  • Sofrimento físico e mental;
  • Cirurgias e remédios;
  • Próteses e assistência médica;
  • Fisioterapia e assistência psicológica;
  • Dependência de terceiros para acompanhamento e locomoção;
  • Diminuição do poder aquisitivo;
  • Desamparo à família;
  • Estigmatizaçao do acidentado;
  • Desemprego;
  • Marginalização;
  • Depressão e traumas.

A segurança e fundamental.

Redigido por Paulo Tagliaferri